Kalandraka

A Maior Casa do Mundo

€15

«Alguns caracóis viviam numa suculenta couve. Moviam-se delicadamente à volta dela, transportando as suas casas de folha em folha, em busca de um sítio tenro para mordiscar. Um dia, um caracolinho disse ao seu pai: - Quando for grande, quero ter a maior casa do mundo. - Que disparate - respondeu o pai, que por acaso era o caracol mais sensato de toda a couve. - Há coisas que são melhores pequenas. E contou-lhe a seguinte história…» Na sua infância, Leo Lionni foi um grande admirador de animais, sobretudo de répteis, que acolhia num terrário com paredes de vidro, acondicionado com areia, pedras, fetos e musgo.
Desta paixão, surgiram, com o tempo, alguns contos, como o deste caracol que ansiava ter uma casa mais apelativa do que a de qualquer outro dos seus congéneres, e que constitui uma metáfora sobre a vida, a prudência, o sentido prático das coisas, a humildade e a simplicidade face à arrogância e à superficialidade. Com uma linguagem de grande riqueza literária e umas ilustrações que se destacam pela sua plasticidade e colorido, Leo Lionni apresenta assim esta fábula que continua na senda de outros dos seus livros, como "Frederico", "Nadadorzinho", "Pé ante pé", "Pequeno Azul e Pequeno Amarelo", "Alex e o ratinho de corda" e "O sonho de Mateus", publicados pela Kalandraka.

Autor: Leo Lionni
Editor: Kalandraka
Dimensões: 223 x 274 x 8 mm
Páginas: 36
Idade Recomendada: +4 anos

You may also like

Recently viewed